Kick-Ass 2

Eu até fico com pena de falar isso, mas sim, Kick-Ass 2 é ruim. Muito ruim, se você quiser comparar com o primeiro. E são muitos, mas muitos problemas MESMO. Claro que existem as partes boas, mas elas acabam ficando um tanto sufocadas. E o pior disso tudo: Kick-Ass 2 é o filme que te faz, pasme, sentir saudades do Nicolas Cage.

O primeiro problema de todos é em questão da adaptação. Kick-Ass 2 foi feito unindo o conteúdo da HQ solo da Hit-Girl e do próprio quadrinho homônimo. Tinha tudo pra ser a fórmula do sucesso, até. O problema é que a direção do Jeff Wadlow deixa o filme inteiro muito incoerente, com a história pouco coesa ou e confusa para o movimento da narrativa. É como se ele picotasse os fatos dessas duas histórias e as jogasse loucamente no roteiro, deixando tudo sem muita explicação e sem consequência nenhuma. Vamos fazer uma comparação com um carro: É como se o carro aparecesse, do nada, correndo a 100km/h e, logo em seguida, sumisse. Você não vê a aceleração e nem a freagem, e você fica sem entender de onde aquilo veio e pra onde aquilo foi. Esse é um sentimento gigante em boa parte do Kick-Ass 2.

E um breve comentário sobre o Jeff Wadlow: vi no IMDdb que ele está cotado para ser o diretor do filme da X-Force, o que me deixa extremamente entristecido, ainda mais se imaginar o Deadpool dessa bagaça toda como o Ryan Reynolds… Mas enfim…

Outro problema, inclusive é a violência. NÃO, eu não estou reclamando que o filme é violento. A exemplo do primeiro filme, dirigindo pelo Matthew Vaughn (diretor também do X-Men First Class), a violência existe e tem um papel importante naquele Universo, mas ela ao menos é estilizada. Ela é feita como se fosse algo dos quadrinhos. Apesar do Kick-Ass original ter o seu diferencial na questão de trazer os super heróis para o mundo “real”, onde não existem super-poderes e coisas do tipo, a linguagem e o próprio visual do filme remetem aos quadrinhos. É uma antítese, mas uma antítese interessante. Algo legal de ver. Já no Kick-Ass 2 isso é revertido: A situação está completamente “quadrinesca”, enquanto que o visual é extremamente real e cru. Isso infelizmente incomoda, porque acaba, de certa forma, limando as expectativas e tirando a empolgação para assistir o filme. As únicas cenas interessantes são por conta da Hit-Girl, e ela quase não aparece como Hit-Girl no filme.

Sobre essa questão da situação ser completamente quadrinesca, o exemplo são os vilões. Enquanto no primeiro filme o vilão Frank D’Amico, interpretado pelo Mark Strong, realmente causa alguma tensão e perturbação, no segundo filme a gente vê um grupo de “Supervilões” completamente rasos, sem motivação nenhuma e fugindo da premissa do primeiro Kick-Ass que é mostrar “Heróis no mundo real”. Assista o filme e perceba. O Motherfucker não representa ameaça ALGUMA. Os seus acompanhantes menos ainda. Digo, aquela tal de Mother Russia é uma personagem extremamente cartunesca, parece vilã da série sessentista do Homem-Aranha (sim, aquela mesma dos memes). Chega a ser frustrante DEMAIS. Pra se ter uma ideia, o personagem do Iain Glen representa mais ameaça em uma cena de 30s do que todos os outros vilões JUNTOS em 1h40. Isso é bem triste.

É bem triste ver um dos seus filmes mais queridos ser continuado de uma maneira tão infeliz. Nem a Chloe Moretz, com a sua Hit-Girl excepcional, consegue salvar o filme. O próprio Aaron Taylor-Johnson, que no primeiro filme fez um Kick-Ass excelente, teve o personagem destruído pelo roteiro aqui. Aliás, o roteiro é outra questão que deixa a desejar bastante, repleto de furos e de falhas. Pode ser que parte da culpa seja do Mark Millar SIM, mas isso não é desculpa. A história é ruim, a execução é ruim e o filme é ruim. Se você é fã de Kick-Ass, mantenha os bons momentos e memórias do primeiro filme com você, e passe bem longe do Kick-Ass 2. Talvez se você fizer uma compilação das cenas de porrada da Hit Girl, ou pegar algumas das referências da Guerra Civil (Mark Millar citando Mark Millar. Que presunçoso HEHEHEHE), o filme valha a pena pra você. Caso contrário, é melhor pensar que ele nem existiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s