[Curta] Project Kara

Kara é um curta escrito e dirigido por David Cage, a cabeça por trás da Quantic Dream. Para os que não estão familiarizados, a Quantic Dream é uma empresa de jogos francesa responsável por clássicos como Fahrenheit (conhecido no Brasil como Indigo Prophecy) e obras de arte como Heavy Rain. No entanto, justamente por sempre prezar por um realismo nas expressões dos personagens – que, segundo Cage, é a chave para transmitir o teor emocional da história – e por passear indistintamente por cima da linha que separa filmes e jogos, a Quantic Dream sempre teve um ar cinematográfico. Não impressona que os testes de engine que eles realizam sempre são em formato de curta.

E o Project Kara é justamente um desses testes de engine, realizado em 2012. Protagonizado por Valorie Curry (The Following), que empresta suas feições e emoções para a androide Kara, o curta explora uma discussão famosa, já abordada por Phillip K. Dick e Isaac Asimov: O que define e distingue um ser vivo de um objeto? As referências da obra de K. Dick e, consequentemente, Blade Runner são diversas, e é possível traçar alguns paralelos entre ambos. Mas o que realmente impressiona é o teor mais emocional desse curta, bastante tocante e comovente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s